Artigos

Visual Studio Code versão Preview “integrando comunidades”

Do que trata o artigo

Este artigo tem o objetivo de apresentar o Visual Studio Code, cujo a missão é grandiosa, pois integra as diversas “comunidades“, ou seja, mostra que a IDE está com um conceito diferente, mas com o ar de interoperabilidade, rodando em ambientes Windows, OS X e Linux.

Para que serve

O VS Code é uma IDE leve, mas poderosa que possibilita criar aplicações em diversas linguagens de programação como: C++, C#, Python, PHP e suporte a padrões web – HTML, JavaScript e CSS, tendo como auxílio as extensions que possibilitam o desenvolvedor a desfrutar dessas funcionalidades.

Em que situação o tema é útil

A IDE é uma “caixa de ferramenta” com grande versatilidade, proporcionando uma gama de opções, sendo umas delas a liberdade no desenvolvimento e edição dos arquivos nas diversas linguagens de programação, tornando o desenvolvimento mais prazeroso e confortável.

Visual Studio Code

VS Code teve seu lançamento em 29 de abril de 2015, pela Microsoft na 2015 Build conference. Em 18 de novembro seu código foi liberado sob a MIT License e disponibilizado no GitHub, mas finalmente em 14 de abril de 2016 a versão preview foi liberada na web.

Apresento o VS Code, conforme figura 1, com um layout simples, básico e funcional.

Captura de Tela 2016-05-17 às 16.26.56
Figura 1: Visual Studio Code

VS Code conta com um Editor que permite realizar a edição dos seus arquivos, permitindo que até 3 abas editoriais sejam abertas lado a lado, assim facilitando a produtividade. O Side Bar, apresenta diversas opções de acesso como o explorer, que permite a visualização dos arquivos, área nomeada de View Bar. Outra opção da View Bar é a integração com o Git, cujo o fonte pode ser controlado tanto pelo GitHub ou pelo próprio controle da Microsoft, a qual disponibiliza um portal com ricas funcionalidades. Por último encontra-se o  Status Bar que mostra informações do projeto aberto e dos arquivos que estão sendo editados. Todos os itens acima, podem ser melhor visualizados na figura 2.

codebasics_layout.png
Figura 2: Editor, View Bar, Side Bar e Status Bar

Veja também o editor sendo utilizado para edição de um arquivo javascript, conforme a figura 3.

Captura de Tela 2016-05-17 às 18.42.29
Figura 3: Edição de um arquivo javascript

Se até aqui você já ficou curioso para saber como é na prática a IDE, então clique aqui e comprove, baixe a versão que melhor lhe atende.

Opinião: Acredito que a IDE ainda irá evoluir para um layout mais intuitivo.

Para suprir a necessidade de ter uma IDE rica com barras e botões o VS Code, inicialmente apresenta a Command Palette, conforme a figura 4, o qual o acesso ocorre pela tecla F1. Os comandos permitem acesso a todas as funções da IDE como: adicionar extension,  configurar preferências dos usuários, configurar atalhos de teclados, criar um arquivo, criar uma pasta e dentre outras.

Captura de Tela 2016-05-17 às 16.20.38
Figura 4: Command Palette

Um ponto interessante que foi visto anteriormente são as Extensions que o VS Code suporta, permitindo deixar a IDE customizada.  Portanto, para ver quais extensions podem ser instaladas é só acessar o VS Code Marketplace , veja a figura 5.

Exemplos de extensions:

C# for Visual Studio Code (powered by OmniSharp):  Suporte na edição do C# com IntelliSense, Go to Definition, Find All References e etc..

Java Debug: Um simples debug do Java.

Ruby Language and Debugging Support for Visual Studio Code: Suporte ao Ruby e também com debug.

extension-gallery_marketplace
Figura 5: VS Code Marketplace

Caros leitores da comunidade, esse artigo realizou uma abordagem geral do VS Code versão preview, pois existem muitos assuntos a serem esclarecidos, mas a intenção é de apresentação dessa ferramenta que muito promete nos ajudar. Espero ter contribuído e despertado interesse para o conhecimento mais profundo dessa IDE tão versátil.

Revisão do artigo: Fábio Lima e Samanta de Souza

Referências:

https://code.visualstudio.com/

https://en.wikipedia.org/wiki/Visual_Studio_Code

Empreendedor, desenvolvedor de sistemas, interessado em criptomoedas e CEO da OmnesCoin - Investimentos Digitais.

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: