A história por trás do manifesto ágil

Que o Manifesto Ágil foi escrito há 15 anos, nós já sabemos. Mas qual será a história por de trás desse documento?

Continuar lendo

Anúncios

Grupo de Usuários de Métodos Ágeis do Pará

Não! O Tá safo! não mudou de nome e nem vai fechar as portas. O bagulho tá bão demais, sô!

Resumindo a história, a SUCESU-PARÁ resolveu formalizar o apoio à implantação de métodos ágeis nas organizações.  Com a iniciativa do Evandro Paes (da PRODEPA), Artur Tupiassu (do SERPRO) e Mauro Brito (da própria SUCESU-PARÁ) o negócio deslanchou e o Tá safo! abraçou o projeto para mostrar que a fase de desconfiança no Desenvolvimento Ágil já passou.

Agora podemos mostrar com nossas próprias experiências que temos alternativas eficazes aos modelos de gestão e desenvolvimento tradicionais.  E que empresas de qualquer porte podem implementar gradualmente processos e boas práticas de gestão de projetos e engenharia de software.  Isso tudo sem abandonar processos tradicionais. É tudo questão de mudança cultural, assunto aliás bastante debatido no 1º encontro.

O GUMA-PA é a consolidação de um sonho antigo nosso. O de reunir academia, empresas e sociedade na busca de soluções sustentáveis para a classe de TIC, que trabalha muito e que muita vezes é colocada em segundo plano.

Continuar lendo

Gestão Visual

Um imagem em uma cartolina, com alguns post-its em sua empresa pode ser mais eficiente do que qualquer software que gere “n’s” relatórios com gráficos complexos que nem todo mundo sabe interpretar.

mulher-post-it-33278

O termo “Gestão Visual” é um sistema com diferentes técnicas de planejamento e melhoria contínua, que nos permite com um simples olhar, saber a situação atual dos projetos apoiando a alta gestão e integrando de uma forma colaborativa e transparente. No Kaizen é uma parte fundamental do famoso sucesso do Sistema de Produção ‘Just in Time’ da Toyota.

A “Gestão Visual” , vem nos permitir saber como andam as coisas na empresa, sem precisar perguntar para alguém ou mesmo consultar um computador. A informação está à alguns metros de distância, podendo estar em um simples post-it.

Segue algumas ferramentas que irão nos ajudar:

– Canvas;

– Kanban;

– Roadmap;

– Gráficos estatísticos;

– Diagramas de fluxo (Fluxogramas, Organogramas, Mapas de Fluxo de Valor e Mapas de Processo);

– Etc.

É importante ressaltar que não basta colocar um quadro de tarefas, uma cartolina colorida com informações dos projetos nas paredes da empresa. É preciso sim, que a equipe tenha o entendimento de cada recurso visual e que as equipes em conjunto com a gestão interajam em um fluxo contínuo de aprendizado e melhoria.

12-canvas-parede

Canvas

No canvas você vai direcionar para o equipe a visão de negócio do seu projeto. Existem vários modelos de canvas e você pode criar o seu de acordo com a necessidade da empresa.

Kanban

Kanban

No kanban você terá o fluxo de trabalho em tarefas, tornando transparente para a equipe e para a empresa a situação atual do projeto. Para o kanban também existem variações.

Roadmap

Roadmap

Com o Roadmap é possível você comunicar e planejar a visão de futuro para o produto que está sendo desenvolvido, nele você tem a visão geral do projeto com seus marcos de entrega, podemos chamar de linha de vida do projeto. A tomada de decisão da equipe com a gestão deve ser baseada no roadmap, o que antes ficava apenas no antigo gantt chart e visível apenas para a gerencia. Hoje fica transparente para toda a empresa.

Burndown

Burndown

Burndown normalmente é usando no uso do SCRUM com Kanban, com ele é possível analisar o progresso da equipe. O gráfico representa a quantidade de trabalho que falta ser feito no eixo vertical (y) versus o tempo no eixo horizontal (x).

Aqui apresentado são só alguns exemplos, mas no mundo da Gestão Visual a sua criatividade é que manda. Quanto mais transparente for o seu e o trabalho da equipe para a empresa, pode ter certeza que o feedback será mais frenético. Os problemas serão mais visíveis e as tomadas de decisões em conjunto com essas ferramentas tornará os times e a empresa mais integrada.

Recomendo:

– Video: A importância da Gestão Visual(Rodrigo de Toledo e Daniel Teixeira) https://www.youtube.com/watch?v=2CqzbVMeJdw (Palestra A Importância da Gestão Visual e como incluir um deficiente visual na gestão visual feita no Agile Brazil 2012)

– Video: Inclusão do deficiente visual na gestão visual(Daniel Teixeira)   https://www.youtube.com/watch?v=3fp7V-e62R8 (O vídeo expõem um caso no TRE-RJ, onde durante a adoção de métodos ágeis encontraram um obstáculo diferente do que se costuma encontrar. Carlos é um deficiente visual e trabalha como desenvolvedor, e aqui está uma parte da história de como estão conseguindo modificar as noções de gestão visual.)

Troca de experiências #TáSafoEmAção e TecnoTalks

No final de junho, durante o AgileBrazil, tive a oportunidade de assistir a interessante relato de experiência de Rafael Prickladinicki e Jorge Audy sobre os TecnoTalks, espécies de mini-eventos com foco específico e promovidos com frequência (soou familiar?) sob iniciativa original do público da TecnoPUC.

Na palestra, entre outras coisas, Jorge e Rafael mostraram seus pontos de vista de como foi a evolução dos TecnoTalks.  Falaram, por exemplo, da inquietação que sentiam quando para os eventos ao longo do tempo participavam sempre as mesmas pessoas, algo que sempre foi uma de nossas principais preocupações.

Continuar lendo