Quando uma paraense volta às suas origens para palestrar no Agile Trends Belém! <3

Há quase 12 anos saí da cidade das mangueiras (Belém/PA) para a cidade do frevo (Recife/PE). Muitas coisas aconteceram e há 5 anos eu não ia à Belém. Quando veio o convite do Agile Trends, não sabia nem o que ia falar. Mas topei na hora!😀 (carinha feliz de um canto  da boca ao outro). Voltar à Belém, esse era o momento!

A ThoughtWorks, a empresa na qual sou Analista de Negócios, queria que fossem duas mulheres. Então, fiz o convite para Mila Orrico, outra analista de negócios do escritório de Recife também. Pensa que ganhei uma companheira arretada/ pai d’égua para me acompanhar nessa viagem. E ela amou Belém! \o/ (bracinhos para cima festejando)

Palestra pronta, palestra treinada, hora de viajar! \o/ (bracinhos para cima festejando). Cara, tu tens noção o que é voltar as suas raízes e matar toda a abstinência do calor e cheiro da terra, do gosto das comidas típicas, do sorvete da caíru, da hospitalidade das pessoas e ver minha família e alguns amigos? Meu coração estava feliz e ansioso! Quanta saudade, gente!

A hospitalidade do evento e das pessoas da organização foi linda❤❤❤ (corações explodindo de amor por vocês). Além de toda a infra do evento! Parabéns, gente! Vocês arrasaram! E tô pedindo BIS! Pois fiquei muito feliz por um Agile Trends ter acontecido em Belém, pois a comunidade tem muito a crescer e quero fazer parte disso mesmo distante! Então galera do Tá Safo, contém comigo!

Tá, mas vamos falar da minha palestra! Eu falei sobre o papel do analista de negócios no mundo ágil! Muitos pensam que o analista de negócios não é um papel importante em um time ágil, mas fui explicar que nós analistas somos essenciais!😛 (mostrando língua para quem pensa diferente). E para que isso aconteça precisamos mudar o nosso raciocínio, para um raciocínio ágil. Falei também um pouco sobre quais os skills de conhecimento técnico, ferramental, além dos soft skills que devemos ter nesse contexto ágil. Espero ter gerado uma reflexão interessante para quem pôde assistir! Mas, mais que tudo queria deixar a reflexão que, nós, analistas de negócios, lidamos com pessoas boa parte de nosso trabalho e precisamos olhar para o ser humano com um olhar mais humano. Com respeito, sem julgamento e ouvir o próximo na essência e essa frase de karl Jung diz tudo:

Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana” Karl Jung

Algumas fotos lindas para ficar na memória e no coração!

Luiz Sanches, Fábio Figueiredo e todos mais do Tá Safo, é isso aí. Vamos manter essa energia e não perder a força. Parabéns pela iniciativa!

Dairton, foi meu primeiro Agile Trends, e na minha terra então, não teve preço! Obrigada e parabéns por movimentar um evento foda como este de pessoas incríveis!

ThoughtWorks, não tem preço essas oportunidades e suporte que é dado à nós Thoughtworkers para podermos demonstrar um pouco do nosso trabalho/ conhecimento e crescermos enquanto profissionais, sempre. Obrigada!

Agile Trends Belém

Olá Comunidade! É com grande alegria que convidados todos à participar do Agile Trends Belém, dia 29 de Outubro.

Não conhece o evento? Então deixa eu explicar.

O Agile Trends em sua edição principal, ocorre em São Paulo reunindo mais de 500 participantes com experiência em agilidade, criando momentos de muita troca de conhecimento e networking. As edições Pocket são compactas e realizadas em outras cidades brasileiras com o objetivo de levar uma parte das ideias e experiências a diferentes regiões do Brasil. Possuem duração de 1 dia e são planejados para um público de 100 à 200 participantes. Reúnem palestrantes de renome nacional e de empresas locais que praticam agilidade com maturidade e resultados significantes.

É a primeira vez que o evento será realizado no Norte do Brasil.

Convidamos grandes especialistas, selecionamos as tendências e assuntos mais quentes, organizamos tudo em três dos formatos inovadores, interativos e objetivos que caracterizam o evento: Trend Talks, Fishbowls e One Minute Talks.

at-trend-talks2xTrend Talks: O tempo de uma palestra tradicional de 60 minutos é dividido em três partes: duas palestras curtas e uma sessão de discussões. As palestras abordam temas atuais e relacionados, com duração de 18 minutos cada uma. Em seguida, palestrantes e a audiência debatem por mais 18 minutos, proporcionando discussões esclarecedoras e aprofundamento nos tópicos de interesse.

at-fish-bowlFishbowls: É um formato de discussão em grupo que promove o diálogo e a troca de experiências entre os participantes da sessão. Permite que todos tenham as mesmas chances de opinar e expressar seus pontos de vista.

logo-oneminute-talkOne Minute Talks: Esse formato foi pensado para abrir espaço a mais ideias de impacto e para potencializar a interatividade e o networking entre os participantes do evento. Prepare a sua One Minute Talk para falar para uma audiência de 200 pessoas da Indústria de Software!

Bom, isso é um pouco da dinâmica do evento, que promete muito mais no dia e ainda teremos muito mais.

A programação vai ser composta de 3 trilhas: Ágil no Governo, Negócios e Metodologias e Práticas de Desenvolvimento. E já tem grandes nomes do cenário ágil nacional.

As inscrições podem ser feitas nesse link. O investimento para o evento está com um ótimo desconto, principalmente para grupos.

Sabe onde vai ser o evento? Na Computer Hall: Rua Antônio Barreto, 1176 – Umarizal, entre Alcindo Cacela e Nove de Janeiro, Belém – PA, Brasil.

Aqui um pouquinho de como foi no ano passado:

transformAÇÃO na EETEPA Icoaraci

Em 2010, realizamos um #tasafoemacao na Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará (EETEPA) de Icoaraci, que oferta os cursos de Informática, Suporte e manutenção, Design de interiores e Hospedagem, onde Fábio e Jaime foram nos representar. Pelo relato, deve ter sido “duka” mesmo. E no dia 27 de Agosto de 2016, tive a satisfação de representar o Tá safo! para uma ação, em conjunto, chamada I FISOL 2016, articulada pelo Marcelo Sá, da Jambu Tecnologia, Ézyo Lamarca do Linux Pai D’Égua e Raimundo Xavier do projeto LibreOffice.

Continuar lendo

Retrospectiva Radar Ágil

Um dos pilares das abordagens ágeis é a melhoria contínua, nesse contexto a Cerimônia de Retrospectiva desempenha um papel fundamental. Desconfio que o Scrum adotou o termo “Cerimônia” por que o termo “Reunião” traz consigo diversos sentimentos negativos. Em alguns momentos o termo “Reunião” tem sido pra mim sinônimo de algo demorado, tedioso, que dá sono, que produz poucos resultados.

Continuar lendo

script as a service

Acho que foi com o rvm.io que tive o primeiro contato com script como serviço. Mas foi instalando e configurando o GitLab “trocentas” vezes, que me levou a evoluir os tutorias de instalação de ferramentas que usamos no trabalho para algo mais prático que ctrl+c e ctrl+v intermináveis, fora o risco de esquecer de executar alguma linha do roteiro e levar o processo pro “beleléu”. Com o ensinamento de um velho camarada onde ele diz que nossos scripts devem virar programas, usei a filosofia do seja burro e preguiçoso mais uma vez.

Continuar lendo

GitLab – Belo, recatado e do lar

Falou em Git, você pensa logo em Github, certo? Se a resposta for sim, então não confunda mais o sistema de controle de versões distribuído Git e a rede social de código fonte mais famosa do mundo, o Github. A maioria dos projetos Open Source estão hospedados lá, várias organizações e pessoas possuem seus projetos privados também guardados por lá, pagando alguns dólares por mês, pois a galera do Github também precisa se alimentar e pagar suas contas.

Continuar lendo