Tá Safo Conf 2012 – Ações paralelas

No capítulo anterior das aventuras de uma turminha sapeca aprontando altas confusões, vocês puderam ver um pouco do que aconteceu durante os dois dias de evento. Mas não foi só aquilo que aconteceu, houve muito mais e vou tentar resumir para quem não foi.

No sábado a atração principal foi o café da manhã que nos dois dias recebeu o troféu adubado do ano, pois tinha gente que ficava até de tarde merendando o danado de tanta fartura que foi. Show de bola!

Café da manhã adubado

Os palestrantes que chegavam já sentiam o clima de confraternização, quase todo mundo conhecia quase todo mundo. Só felicidades.

Palestrantes na maior descontração

Parte da galera da organização fazendo a marca clássica da comunidade.

Galera da organização de boa na lagoa.

A tarde, a moçada codeira não perdeu tempo e montou logo um Coding Dojo de Ruby. Caike e Iketani coordenando a parada. A galera que participou gostou pra caramba da interação e fica o convite para entrarem no guru-pa para marcarem mais dojos.

Coding Dojo de Ruby

Uma das ações mais movimentadas foi a hora do desapego. A galera ia chegando, vendo suas leituras de interesse e iam colocando seus nomes nos post-it’s para que no final do evento pudesse concorrer com seus concorrentes por conhecimento. Olha só a “aguneração” da galera.

Galera escolhendo seus livros para a hora do desapego

No final das palestras da grade oficial acontecia a rodada das Palestras Relâmpagos, que no primeiro dia teve os seguintes participantes se virando nos 10! (minutos).

Lilian Dias conversou sobre os casos de sucesso de empresas que utilizam aplicativos em seus produtos. E também sobre sua startup, criada na região, que trabalha com o desenvolvimento de aplicativos móveis para iOS e Android.

Lilian Dias

Breno Campos bateu um papo sobre produtividade e como se livrar das armadilhas da improdutividade.

Breno Campos

Diego Lisbôa apresentou aspectos motivacionais de como podemos nos tornar indispensáveis na organização em que atuamos e na nossa vida de um modo geral.

Diego Lisbôa

Michel Montenegro falou sobre desenvolvimento de jogos dando uma visão menos técnica e mais atual desta área.

Michel Montenegro

Vítor Castro falou de como você pode melhorar a visibilidade do andamento das suas tarefas NÃO usando mais um simples SCRUM Board, mas sim o KANBAN e sua aplicação ao ambiente de desenvolvimento.

Vitor Castro

Depois disso, a maioria do povo foi para suas casas que já não aguentavam mais ficar o dia todo vendo uma bando de gente falando. Para os mais resistentes, fomos para a Estação das Docas estender o “expediente” :). Ainda não surgiram fotos, mas foi pai d’égua que só!

Já no domingão, depois do velho e bom café adubado, estava lá o nosso DJ (que não veio de nenhum BBB), mandando a pedras pra galera (pra que não curte reggae, ninguém se feriu).

DJ Rodrigo Miranda só na balada

No almoço estavam disponíveis dois “bilharitos” pra moçada dar uma relaxada rápida e depois curtir a tarde de eventos.

Almoço com bilharito.

Como dito, no final do dia rolou mais palestras relâmpagos. E como houve alguns desfalques, abrimos as vagas para quem queria palestrar. Foi um vuco-vuco danado que só :).

Kaio Valente apresentou uma visão geral sobre o framework VRaptor com foco em desenvolvimento rápido e simples, baseado no conceito de Convenção sobre Configuração e outras cocitas mais.

Kaio Valente

Felipe Iketani mostrou como trabalha com testes em seu ambiente de trabalho, exibindo alguns exemplos de testes automatizados sendo rodados.

Felipe Iketani

Calex Amorin fez uma reflexão sobre foco, baseada no texto publicado no Recanto das Letras.

Calex Amorim

Ramon Rabello demonstrou como fazer uso de seus conhecimentos em HTML, JavaScript e CSS para aplicações em Android utilizando todo o poder do framework cross-platform JQuery Mobile.

Ramon Rabello

E para fechar as talks, Rafaelle Rabello fez seu Testemunho-Relâmpago pontuando a convergência entre Arte, Ciência e Tecnologia.

Rafaelle Rabello

Logo após, aconteceu as entregas dos livros e revistas da hora do desapego. Foi uma muvuca doida essa entrega. Fizemos uma força tarefa, pois eram muitos livros que quem sobreviveu até o final do evento, levou muito livros pra estudar em casa. Esperamos que sejam bastante utilizados.

Entrega dos livros da hora do desapego

Quando tinham duas ou mais pessoas interessadas no livro, a galera levantava de sua cadeira e utilizava a mais alta tecnologia para sortear o vencedor, o par o ímpar é infalível :p

Decisão no par ou ímpar

Depois de todo o “fordunço”, ainda haviam muitos brindes e cursos serem sorteados. Utilizamos mais uma vez a arte do improviso para sorteá-los. Muita onda!

Sorteio de brindes e cursos

A galera ia ao delírio com tanta onda que tirávamos dos sorteados. Já estava no fim e não podíamos deixar a peteca cair.

Galera se espocando de rir durante os sorteios

Cansados? Que nada, ainda fomos para mais uma hora-extra!

Hora extra, porque ninguém é de ferro

Só quem foi pode relatar o que viu e sentiu. Mais uma vez o nosso muito obrigado e até o próximo!

Anúncios

3 comentários sobre “Tá Safo Conf 2012 – Ações paralelas

  1. Pingback: small acts » Blog Archive » TaSafoConf 2012

  2. Pingback: TaSafoConf 2012 | No Big Design Up Front

O que tu achas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s