Submeta sua proposta para a Agile Brazil 2017

Olá, Comunidade!

Acredito que todos já estão sabendo que, nos dias 13, 14 e 15 de Setembro, Belém – a metrópole da Amazônia – receberá a Agile Brazil, a maior conferência de Agilidade da América Latina. Bacana né?! E também já devem ter te contado que é a primeira vez que será realizada no Norte do Brasil. O local será no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. E você nem sabe o mais legal: nós da Comunidade Tá Safo! estamos como co-organizadores! E justamente no ano que comemoramos 10 anos de existência, vamos cantar parabéns no dia do evento e todos estão convidados.

Trilhas para Submissão

Como qualquer evento de Agilidade, a Agile Brazil só acontece com a participação de todos. Tem gente de todo canto do Brasil e fora dele ajudando. VOCÊ também pode ajudar e participar diretamente no evento, sabe como? Faça uma submissão! Esse ano o tema é “Agilidade na Prática” e temos várias trilhas bem legais, olha só:

Trilha Agilidade de Guerrilha

Qualquer tipo de ambiente é resistente a mudanças, mas alguns são mais resistentes que outros. Nesse momento, é preciso ser assertivo e cirúrgico — nem sempre você consegue usar tudo, então você trabalha com o que pode, entendendo o contexto e tentando enfrentar as forças contrárias.
Nessa trilha, vamos falar daqueles que não desistiram no primeiro “isso nunca vai funcionar aqui”, das pessoas que cuidadosamente escolheram suas armas, suas táticas e foram silenciosamente ganhando terreno, subvertendo discursos contrários e transformando mindsets.
Esta trilha é sobre aqueles que caminharam pelas trincheiras e sobreviveram para contar a história e, também, para relembrar os guerreiros e guerreiras caídos que abriram os caminhos para o futuro.

Trilha É caindo que se aprende a levantar

Errar não é festivo, fracassar não é gostoso, mas falhar é parte do caminho do aprendizado. O erro ainda é visto como um tabu em nossa sociedade e evitamos discutí-lo, encará-lo de frente, e, com isso, tiramos menos proveito do que podemos aprender com nossos erros e os dos outros.
Esta trilha é sobre aqueles que tentaram e não conseguiram. Que combateram o bom combate, mas não saíram com o cinturão do ringue.
Mais do que sobre as quedas e derrotas, esta trilha é sobre aprendizado, sobre voltar para cuidar das feridas e entender o que e porque deu errado.
É para aprender a encarar o erro como algo possível e passível de aprendizado.
É sobre aqueles nobres combatentes que falharam, mas se dispuseram a discutir os próprios erros para que outras pessoas não levem o mesmo tombo.

Trilha Evolua ou morra!

Se você pensa sobre como tudo é transitório, que equipes, processos, empresas e mercados estão em constante mudança e precisam se adaptar, então essa trilha é a sua cara.
A dinâmica relação entre mercados, tecnologia, empresas e equipes não pode ser descrita ou encarada de forma estática.
Tentar engessar esse universo é a fórmula certa para o fracasso: ou você evolui, ou é devorado por quem evoluiu.
Mas como ser leve para responder às mudanças e ainda se manter coeso e não perder o objetivo? Como fazer da melhoria um estado sempre transitório entre o passado e o futuro?
Se essas perguntas fazem seu cérebro “coçar”, então esta trilha é o seu lugar.

Trilha Mão no código

Para além da concepção e das ideias, esta trilha fala daqueles que trabalham transformando conceitos em coisas reais, da galera que escova bit, que abre a IDE, editor, terminal e codifica como se não houvesse amanhã.
Não existe melhor maneira de discutir produção de software do que, literalmente, escrever software – ou seja, botar a mão no código.
Aqui você vai ver casos e insights de quem tentou na prática ser mais eficaz, que testou, errou, acertou, aprendeu qual o conceito real de qualidade, evolução e manutenção de código.
Você pode esperar destas sessões brainstorms sobre técnicas, padrões e arquiteturas, divagações sobre ferramentas, linguagens e frameworks, e muito mais.

Se você é da galera “show me the code”, seu espaço é por aqui.

Trilha Papo de boteco: um laboratório de ideias

Você gosta de falar sobre o futuro? Olhar por cima do muro e ver o que está despontando no horizonte? O que estão testando e aplicando em outros lugares, outras realidades? Quais ideias estão sendo testadas e evoluídas “on the fly”? Qual é a próxima tendência ou hype, e como ela está sendo discutida.
Quem não conhece alguém (talvez você mesma(o)?) que já teve uma ideia em uma mesa de bar e que acabou amadurecendo em uma solução para um problema complexo? Baixando nossos filtros do que é plausível, saímos da caixinha — e tem tanto pra explorar do outro lado!
Essa trilha é para aqueles que enxergam devaneios coisas novas e até improváveis. Hipóteses que ainda não foram comprovadas, ou ideias que não estão maduras, mas que já começaram a dar os primeiros passos na direção do mundo real. É o momento de deixar a mente trovejar e ser provocativa.

Trilha Pessoas, grupos e comportamento: o fator humano

Existe muito mais nas relações entre pessoas do que o que pode ser tratado de forma simples em uma conversa. Encontrar o equilíbrio entre o coletivo e o indivíduo é fundamental, e existe uma arte em fazer com que grupos de trabalho se tornem times, aprendam a alinhar objetivos, balanceando forças e fraquezas para atingirem alta-performance.
Se você gosta de estudar as relações sociais, entender como motivações de indivíduos influenciam a equipe, como facilitar insights ou se você só gosta mesmo de “bicho gente”, esta trilha é para você.

Formatos de Submissão

Mas Fábio, qual o formato que submeto? Temos 5 formatos de seção:

  • Apresentação
  • Duelo
  • Mão na massa
  • Você está certo disso?
  • Exercite sua criatividade

Como submeter sua proposta?

E, Fábio, onde é que eu faço a submissão e tenho mais informações? Bom, você deve acessar o nosso sistema https://submissoes.agilebrazil.com/. Se não tem cadastro, faça o seu e envie o quanto antes sua submissão, pois assim você terá mais feedbacks dos nossos revisores e poderá ir melhorando a submissão.

Último recado, pessoal: o período de submissão irá até o dia 15/04, portanto não deixe para entregar na véspera.

Contamos com sua participação, Tá Safo?

Alerta Submissões(1)

Anúncios

Um comentário sobre “Submeta sua proposta para a Agile Brazil 2017

  1. Pingback: Inscrições abertas: Agile Brazil 2017 | Blog do Tá safo!

O que tu achas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s